Comparativo Nutricional do Pão Francês, Pão de Caixa e Tapioca

O pão francês sempre esteve na mesa do brasileiro, mas será que ele é realmente saudável? Nesse post você encontrará uma comparação nutricional do pão francês, do pão de caixa (ou de forma) e a tapioca. Qual deles é a melhor e mais saudável opção?

Comparativo Nutricional do Pão Francês, Pão de Caixa e Tapioca

Apesar do nome, o pão francês é bem diferente do Francês. Sabe-se que foram os portugueses que o trouxeram para o Brasil na época da colonização, mas o pão só começou a ser popular por aqui a partir do século XIX, com a ajuda de muitos italianos. As primeiras padarias no nosso país foram abertas em Minas Gerais, depois em São Paulo e no Rio de Janeiro. Quando tudo começou, o pão ainda era bem escuro e diferente do que conhecemos hoje, mesmo já com a presença do fermento.

Já a tapioca é de origem indígena tupi-guarani. Extraída da mandioca, conhecida como goma da tapioca, polvilho, goma. Poucos anos após o descobrimento da tapioca, os colonizadores portugueses descobriram que a tapioca servia como bom substituto para o pão. Foi assim que a tapioca logo se espalhou pelos demais povos indígenas e acabou ficando famosa. Tá pensando o que?! Chris Castro também é história, meu amor!

Comparativo Nutricional do Pão Francês, Pão de Caixa e Tapioca

| COMENTÁRIOS |

– O Pão Francês é uma caloria quase vazia, fornece energia por meio do carboidrato, porém estamos falando de carboidratos simples de fonte refinada, ou seja, possui energia, mas é pobre em nutrientes. Quase zero em vitaminas e minerais… Além te der alto índice glicêmico e de conter glúten.

– O Pão Integral já possui um melhor perfil nutricional, pois possui a adição das fibras, que aumentam a quantidade de nutrientes, como as vitaminas e minerais. Porém, também possui alto índice glicêmico e também contém glúten.

– Olha aí a famosa Tapioca, não é que é a melhor opção nos aspectos nutricionais?! Possui menos calorias e beeeem menos sódio. Seu tipo de carboidrato possui uma digestão mais lenta, o que dá uma saciedade prolongada. Ah, e não contém glúten.

De fato, na busca por uma alimentação mais saudável, optar por tapioca será sempre menos calórico, porém acrescente um recheio com proteínas e fibras. A minha sugestão de recheio seria tomate seco com rúcula ou cottage com rúcula, fica uma delicia e super complementa a tapioca.

Consciência nutricional é tudo!

Nutrição, beleza e beijos.
Chris

Deixe o seu comentário!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Descubra
Como Ter uma Pele radiante
e Mais Jovem
, em Apenas 30 Dias.
Este é o meu plano passo a passo de 10 minutos por dia, com resultados
comprovados, sem ter que fazer cirurgias nem tratamentos invasivos, de
forma saudável e sem sair de casa.
Eu quero!
topo