Informação Nutricional do Croissant

Depois de dias em Paris durante o Paris Fashion Week só tenho uma coisa para me arrepender: poderia ter me controlado mais nos croissants que comi!! Sim, até eu – nutricionista, saudável e de pele radiante – me joguei nessa delícia. Bom, daí decidi escrever esse post informativo, pois mesmo que você faça como eu, coma croissant quase todos os dias da viagem, mas depois que você ler esse post vai comer com consciência!! Confira aqui nesse post um pouco da história e da informação nutricional do croissant 😉

Informação Nutricional do Croissant

Antes de te assustar com a informação nutricional do croissant, deixa eu amenizar um pouco a nossa conversa contando o que pesquisei sobre a história dessa delícia. O famoso pãozinho de massa folhada, que é crocante a cada mordida, é apreciado em diversos lugares do mundo. Feito com recheios doces ou salgados, o croissant tem uma história lendária:

Foto divulgação Google imagens

 

“Ao contrário do que muitos pensam, o croissant não é de origem francesa e sim austríaca do ano de 1683 na capital Viena. O império Otomano era de origem turca e considerado um dos mais fortes do mundo. Eles estavam na tentativa de expandir o seu domínio em terras europeias. Porém, encontraram inúmeras dificuldades para entrar na cidade de Viena. Como solução, no período da noite, os Otomanos começaram a cavar túneis que levavam até o centro da cidade. No entanto, haviam padeiros em Viena que ficavam acordados durante toda a noite preparando os pães para que fossem vendidos frescos pela manhã. O exército turco não contava com esses trabalhadores e, em uma noite de escavação, os padeiros ouviram barulhos e fizeram com que o império não conseguisse acessar a cidade. Conta a história de que foram oferecidas algumas recompensas para os padeiros, entretanto, eles não aceitaram. Somente desejaram ter o direito de criar algo que servisse para comemorar a vitória contra o inimigo. Como dominavam diversas técnicas, tiveram a ideia de criar pequenos pães folhados em forma de meia lua. Assim surgiu o delicioso croissant. Mais tarde, os vienenses puderam comer esse pão enquanto derrotavam o inimigo.”

No entanto, inicialmente, o croissant foi nomeado de Viennoiserie, e só foi conhecido pelos franceses por volta de 1770. Foi a austríaca Maria Antonieta que provou a iguaria, tornando-se mais tarde rainha do território francês.

Croissant, do francês, significa “crescente” e representa um formato de meia lua. Esse nome e forma foi dado para que fosse representada a bandeira dos turcos do império Otomano, que era em formato de uma lua e uma estrela ao lado.

Foto divulgação Google imagens

Informação Nutricional do Croissant

Bom, agora vamos para o que interessa, a parte pesada dessa história, pesada mesmo!! Pesada em calorias!! O croissant leva em sua massa uma grande quantidade de manteiga, pois é feito com a massa folhada, ou seja, são as dobras que separam uma camada da outra, intercaladas de manteiga, que proporcionam a estética e sabor do croissant.

“O croissant deve ter um sabor amanteigado, com crosta crocante e dourada. Suas pontas devem ser coladas no meio da massa. Seu miolo deve ser aerado e macio. Para isso, é feito de açúcar, farinha, sal, leite, fermento, manteiga e ovos pincelados.”

O croissant tem quatro vezes mais gordura do que o pão de leite, o que equivale a um pacotinho e meio de manteiga a mais na sua composição. Além disso, é feito com farinha branca, pobre em nutrientes e rica em glúten. E por fim, ainda existem aqueles recheados, que além disso tudo, possuem frios, chocolate, cremes ou geleias por dentro.

Olha o flagra que o @fe.pio fez nosso, eu, Camila e Van comendo um croissant pelas ruas da Paris

Informação Nutricional do Croissant

As informações pode variar de receita em receita, mas no geral, um croissant sem recheio possui essa informação nutricional, por 100g (aproximadamente 2 croissant médios):

  • | Calorias – 406Kcal
  • | Gorduras totais – 21g (sendo 50% gordura saturada)
  • | Colesterol – 67mg
  • | Sódio – 467mg
Ou seja, no geral podemos falar em calorias vazias, pouca proteína, vitamina e mineral e muita gordura saturada, com muito colesterol e sódio. Para você ter uma melhor ideia, essas calorias, gorduras e sódio de 100g de croissant, equivale a você comer 4 pães tipo Francês, com margarina queijo mussarela e presunto!!
Então fica a dica, quer comer croissant?? Coma pouco, raramente e compense no outro dia, ofertando mais água, fibras e alimentos leves para o organismo!!
Nutrition, beauté et bisous!
Chris.

2 comentários, Deixe o seu também!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

  1. Vanessa Duarte
    Outubro 15, 2018
    Só sei que comia uns 4/5 pequenos, que equivalem a esses 2 ai da conta... ou seja? por isso que engordei né? hahahaha mas amiga, croissant de Paris tem menos calorias vai hahahahaha
    • Chris Castro
      Outubro 15, 2018
      Vamos pensar assim!! A dica é passar o ano sem comer nenhum croissant aqui no Brasil, mas comer uns quando for em Paris!!
Descubra
Como Ter uma Pele radiante
e Mais Jovem
, em Apenas 30 Dias.
Este é o meu plano passo a passo de 10 minutos por dia, com resultados
comprovados, sem ter que fazer cirurgias nem tratamentos invasivos, de
forma saudável e sem sair de casa.
Eu quero!
topo