Retinol – O que você precisa saber?

Um componente anti-envelhecimento de ouro! O retinol pode impedir tudo, desde rugas a acne, mas muitos de vocês ainda se sentem intimidados pelo nome diferente, por isso espero fazer com que você entenda 4 pontos importantes sobre o retinol! Confira:

Retinol – O que você precisa saber?

ENCONTRE A FÓRMULA PERFEITA

Dentro da família retinóide – elogiados por sua capacidade de aumentar a renovação celular, sendo derivados da vitamina A – o retinol é a versão mais comum e mais suave do ingrediente usado no cuidado da pele. A tretinoína é a forma mais forte, os efeitos colaterais típicos com uso regular incluem vermelhidão, irritação e descamação da pele.

Os tipos de pele propensas a acne normalmente encontrar alívio com o adapaleno (0,1%), que é comparável à tretinoína, mas provou ser menos irritante. Conhecido por tratar a acne profundamente nos poros. Por isso, consulte o seu dermatologista para que ele possa te informar a melhor fórmula para o seu tipo de pele.

VÁ COM CALMA

O retinol pode “quebrar” quando exposto à luz, calor e ar, por isso dê sempre preferência aos produtos em bombas opacas, sem ar ou tubos de alumínio. A qualidade da fórmula também é importante: todos os tipos de pele podem usar retinóides, mas encontrar o ponto ideal para a sua pele é essencial.

O retinol pode ser altamente irritante para quem nunca testou uma formulação mais leve da vitamina A antes. É tentador usar o mais forte, mas isso pode comprometer a barreira da sua pele. Para aqueles com pele sensível ou seca, o ideal é escolher uma formulacao mais leve e usar duas ou três vezes por semana, dessa forma se acostumando com as concentrações ou frequências mais altas. (A porcentagem de retinol pode ser encontrada no nome do produto ou na lista de ingredientes.) E, independentemente da potência, o ideal é fazer o uso de retinóides à noite, pois eles aumentam a sensibilidade aos raios UV da pele – use também FPS durante o dia também.

APRENDA COMO FORMAR CAMADAS

É melhor evitar o retinol em camadas com outros ativos fortes, como os AHAs, que podem aumentar a renovação celular com esteróides. Cada ingrediente também requer um pH ideal único da pele. Os AHA trabalham sua mágica abaixo de um pH 3,5, enquanto o retinol é melhor de 5 acima, portanto, separar o uso desses ingredientes é o melhor a se fazer.

TENTE BAKUCHIOL

À medida que cresce a demanda por fórmulas retinóides mais suaves, um ingrediente que chama a atenção é o bakuchiol, um antioxidante derivado de plantas usado na medicina chinesa. Um estudo mostrou que produtos com bakuchiol a 1% tinham benefícios no combate à acne; outro comparou 0,5% de bakuchiol a 0,5% de retinol, e a alternativa da planta teve desempenho semelhante em termos de redução de rugas e hiperpigmentação e suavização da textura da pele.

Quer saber mais sobre esse ingrediente? Me conta aqui nos comentários.

Retinol – O que você precisa saber?

Lembrando sempre da importância de consultar o seu dermatologista!

Nutrição, beleza e beijos,
Chris

Deixe o seu comentário!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

topo