Uso da maconha em produtos de beleza

,

Na minha última viagem internacional algo me chamou muita atenção: em todas as lojas de cosméticos tinha vários produtos – ou até mesmo uma gôndola inteira – destacando os produtos naturais com cannabis, a popular maconha. Bom, além de ter comprado alguns produtos, decidi testar e estudar para compartilhar esse tema com vocês. Então vejam sobre o uso da maconha em produtos de beleza 😉

Foto fonte Google imagens

Como começou o uso da maconha em cosméticos

Tudo começou com o início da legalização da maconha em alguns países, que fez com que não fosse mais proibido explorar os diversos usos da erva. Assim, a maconha e seus sub produtos começaram a ser usados para a “diversão”, como medicamento e também nos cosméticos, entre outros fins.

A cannabis, como a maconha é cientificamente conhecida, possui variedades com diferentes concentrações de canabidioides, substâncias semelhantes à endorfina que provocam uma sensação de bem-estar no sistema nervoso humano. Os dois tipos mais conhecidos são o THC (tetrahidrocanabiol), responsável pelo efeito psicoativo da maconha, e o CBD, um composto químico extraído da cannabis que pode atuar como um antioxidante, anti-inflamatório e resolver uma série de problemas com a pele, o que o torna bem popular no mundo dos cosméticos.

Uso da maconha em produtos de beleza

Os benefícios terapêuticos da maconha já são conhecidos há alguns anos: amenizar crises epiléticas, auxiliar nos tratamentos de pacientes com câncer e aliviar a dor de pessoas com enxaqueca severa são alguns deles. Agora, as pesquisas mostraram que o óleo extraído da planta, ou seja, o CBD, também tem alto efeito antioxidante e anti-inflamatório – tornando-a um excelente ativo nos cremes de beleza.

“O óleo de canabidiol é conhecido pelos antioxidantes, gorduras ômegas e benefícios anti-inflamatórios. Tudo isso pode ser usado para melhorar a pele irritada, desidratada ou em processo de envelhecimento”

Além dos benefícios antioxidantes e anti-inflamatórios, as pesquisas mostram que o óleo da maconha regula a produção de sebo e reduz a perda de água pela epiderme.

Eu testei produtos de beleza com maconha

Vale apenas destacar dois pontos:

  1. O óleo não contém nenhuma substância psicoativa, ou seja, os cosméticos são para uso externo e não causam nenhuma sensação interna!
  2. Infelizmente, cosméticos do tipo não podem ser vendidos ou trazidos para o Brasil, ainda que tenha gente que se arrisque fazendo compras durante viagens internacionais (tipo eu ;-))

Bom, eu comprei uma máscara da Sephora, que usei já algumas vezes, e também comprei o sérum noturno facial, que passei uns dias usando todas as noites. No geral percebi um aroma de mato, mas a sensação geral sensorial dos produtos é legal. Curti bastante o resultado dos produtos na pele, especialmente no aspecto de viço.

Eu e os meus produtos ilegais, mas legais!

Bom, em resumo, gostei bastante de usar os produtos de beleza com maconha. Acredito que por ser uma erva natural e cheia de ativos, com certeza traz vários benefícios para a pele.

Claro que precisamos de mais pesquisas e estudo sobre esses benefícios, como também precisamos ter mais acessos à esses produtos, por meio de uma liberação da Anvisa dos cosméticos com a erva!

Nutrição, beleza e beijos, Chris.

Deixe o seu comentário!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

topo